DIVERSIDADE DA FLORA FANEROGÂMICA DE TRÊS MATAS DE GALERIA NO BIOMA CERRADO

Paulino Bambi, Renan de Souza Rezende, Takumâ Machado Scarponi Cruz, Juan Enrique de Araújo Batista, Fernanda Gabriela Graciano Miranda, Lauana Vieira dos Santos, José Francisco Gonçalves Júnior

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a diversidade vegetal de fanerógamas em três matas de galeria no Distrito Federal, Brasil. O estudo foi realizado na Área de Proteção Ambiental Gama-Cabeça de Veado, a partir do levantamento fitossociológico em 12 parcelas paralelas aos córregos das matas de galerias amostradas, totalizando 3600 m2 de área. Foram identificadas 146 espécies, sendo Fabaceae, Myrtaceae e Rubiaceae as famílias mais representativas. Apenas sete espécies ocorreram concomitantemente nas áreas estudadas, indicando elevada diversidade, sobretudo em termos de árvores e arbustos. Os valores de riqueza de espécies e diversidade de Shannon foram maiores no córrego Cabeça-de-Veado (JBB), comparado ao córrego Capetinga (FAL) e Roncador (IBGE), respectivamente. Enquanto que a Dominância Absoluta apresentou maiores valores no córrego Roncador, comparado aos córregos Capetinga e Cabeça-de-Veado, respectivamente. Assim, observamos que a diversidade de espécies está relacionada à heterogeneidade ambiental das matas amostradas, as quais estão relacionadas as características edáficas e do regime hidrológico.

Palavras-chave


Biodiversidade; florística; heterogeneidade de habitat; zona ripária.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.